De Coração para Coração

Reflexão – dia 09 de novembro de 2017

Se alegrando no Senhor

O termo doença psicossomática é bastante utilizado quando uma doença física ou não, tem seu princípio na mente. O diferencial mais importante para se considerar uma doença como psicossomática é entender que a causa principal desta descompensação física que aparece no corpo, está dentro do emocional da pessoa, ligada, portanto à sua mente, aos seus sentimentos, à sua afetividade.

 

Retirei esse texto da Wikipédia, mas vejo como realidade nos dias atuais. A correria, o estresse, o egoísmo, a inveja tem tomado conta do ser humano de uma forma tal que uns atropelam aos outros sem se importar ou até mesmo sem perceber, causando mágoas e feridas refletidas em doenças e que muitas vezes não entendemos a causa.

 

Gostaria que nos apegássemos ao fato de que o comportamento do outro é um problema única e exclusivamente dele, mas o modo como reagimos é uma questão tão somente nossa.

 

Não estou dizendo que atitudes e palavras não ferem e machucam, mas guardá-las por meses ou até mesmo anos é loucura. A única pessoa que sairá no prejuízo será o que guardou a mágoa.

 

Abandone esse comportamento e todos os dias, ore e perdoe diante de Deus às pessoas que te magoaram, pois apenas Ele é capaz de te curar completamente.

 

“O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos”. (Provérbios 17:22)

 

Que tornemos como prática orar todos os dias antes de dormir colocando diante do altar do Senhor tudo que nos magoou durante o dia, liberando o perdão para que possamos ser curados. Bom dia!

Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.