De Coração para Coração

Reflexão – dia 25 de outubro de 2017

“Então respondeu Eli: Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste. E disse ela: Ache a tua serva graça aos teus olhos. Assim a mulher foi o seu caminho, e comeu, e o seu semblante já não era triste”. (1 Samuel 1:17-18)

 

Primeiramente quero me desculpar por não ter postado antes, mas eu também não estou livre das provações da vida e estou passando um momento delicado para mim, porém com a certeza de que como tudo nessa vida passa… Esse também vai.

 

Após Ana se prostrar diante do altar do Senhor fazer um voto com Ele, ela recebeu a bênção do sacerdote. Como é importante termos alguém como sacerdote sobre nós. Por isso a importância de irmos ao templo, pois o sacerdote é alguém constituído por Deus sobre nós para ser autoridade espiritual. É aquele que intercede por nós e nos orienta.

 

Após Eli dar a bênção para Ana, ela levantou, comeu e seu semblante não era mais triste.

 

Quando recebemos a palavra da nossa bênção o que fazemos?

Muitas vezes nas provações da vida recebemos uma promessa de Deus. E o que fazemos?

Temos realmente confiado que Ele cumprirá o que tem dito? Ou continuamos com nosso semblante triste porque não vemos o que para nós é impossível acontecer?

 

Se o que desejamos é bíblico e Deus já nos falou que é nosso, por que duvidamos?

 

Que possamos fazer como Ana: se derramar no altar do Senhor, receber a bênção do sacerdote, levantarmos e nos alegrar, pois o que Deus determina acontecerá em algum momento, basta aguardarmos a Sua hora.

Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.