De Coração para Coração

Reflexão – Parte 2 – dia 20 de outubro de 2017

“E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha”. (1 Samuel 1:11)

 

Continuando a mensagem vamos refletir que muitas vezes Deus quer que façamos votos para alcançar determinada bênção, mas são votos que vais nos tornar melhores pessoas, melhores servos para Deus.

 

Ana queria muito um filho e seu voto foi que se Deus desse a bênção para ela, seu filho seria consagrado ao Senhor. Voto muito sério e honrado! Samuel foi um profeta respeitado em Israel, desde cedo aprendeu a ouvir e identificar a voz do Eterno.

 

Ana recebeu sua bênção e honrou o seu voto. Com certeza a experiência que ela teve com Deus lhe tornou uma pessoa com mais fé, mais gratidão, mais comunhão com seu Criador e Senhor. Sua petição tinha como objetivo não somente trazer honra para ela, mas o nome do Eterno seria exaltado como ocorreu.

 

Nossas petições têm como objetivo apenas nosso prazer ou glorificação do nome do Senhor?

Quando fazemos votos com Deus são apenas para o momento que conseguimos as bênçãos ou eles refletem no que seremos depois de as recebermos?

 

Que a partir de hoje possamos refletir sobre nossos desejos, identificando se são apenas para nossa satisfação pessoal ou se existem eles servem para glorificar o nome de Deus em nossas vidas!

 

Segunda-feira, nós meditaremos sobre a última parte onde estamos preparados para receber nossas bênçãos.

Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.