De Coração para Coração

Reflexão – dia 18 de outubro de 2017

“Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono”. (Isaías 56:10)

“Ó Jerusalém, sobre os teus muros pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; ó vós, os que fazeis lembrar ao Senhor, não haja descanso em vós”. (Isaías 62:6)

 

O que vejo nesse texto é a diferença do agir de Deus para conosco e o nosso para com Deus. E aleluias por isso!!!

 

No primeiro texto é claro a atitude de descaso e irresponsabilidade dos atalaias. Deus os compara aos cegos, aos cães que não ladram e dormem.

Como pode um cego ver o inimigo que se aproxima?

Ou um cão que dorme latir ao ver o perigo se achegando?

 

Já no segundo texto é clara a fidelidade de Deus para conosco. Ele coloca anjos para nos guardar em todo o tempo, nos cuida e protege.

 

Que não se cumpra em nós a palavra que Deus falou a Ezequiel, mas que possamos nos colocar na brecha dia e noite.

 

“E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei”. (Ezequiel 22:30)

Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.