De Coração para Coração

Reflexão – dia 25 de setembro de 2017

“Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um”.
(Romanos 12:3)

Nesse final de semana estive em um congresso da instituição que trabalho: Missão Vida. A história dessa instituição é muito linda, onde mostra o chamado que Deus fez a um adolescente de 13 anos e aos 20 começou a cumprir o propósito do Senhor em sua vida. Abdicou do conforto e às vezes até mesmo das suas prioridades e entendeu que os homens em situação de rua também eram amados por Deus e precisam ter uma chance para conhecê-Lo. Se quiser conhecer um pouco mais dessa história eu indico o livro chamado “Uma Missão que Nasceu na Madrugada”.

Algumas palavras foram ministradas a nós e vou compartilhar com vocês durante essa semana.  Essa palavra foi ministrada pelo Rev. Jair Macedo da Igreja Presbiteriana Pedra Viva em Goiânia, mas ressalto que escrevo o que a minha visão do que entendi da sua ministração. Os versículos utilizados pelo reverendo além do que está acima, foram: Romanos 3:9-18 ,21-24, Romanos 8:31-32 e Colossenses 2:23-24.

É interessante olhar o texto num momento onde o ser humano é o super valorizado. Onde vemos o orgulho, os direitos, as vontades prevalecerem acima de qualquer questão. Conversava com algumas pessoas e juntos percebíamos o quanto é difícil encontrarmos profissionais capazes hoje em dia.

Percebo que estamos tão cheios de ego e ao mesmo tempo com tão baixa autoestima.

Ao mesmo tempo em que falamos demais sobre nós, terceirizamos nossa autoestima.

Quando conseguirmos entender que fomos destituídos da graça de Deus por causa do nosso pecado, compreenderemos que sem Ele nada somos.

Quando cair sobre nós o entendimento que não será por obras que chegaremos à salvação e a intimidade com Deus, nos achegaremos mais a Ele.

Quando concluirmos que nem o Filho Deus poupou para nos dar a salvação, alcançaremos a compreensão de que tudo está no controle de Eterno.

Quando toda essa percepção entrar em nossa mente e coração, nós aceitaremos que Deus nos ama e que a opinião mais importante sobre nós deve vir d’Ele.

Não mais deixaremos nos consumir pelo que as pessoas pensam a respeito de nós. Nossa autoestima estará no lugar correto e por isso também não nos super valorizaremos, pois como diz no versículo que pensemos apenas o que convém e com moderação conforme a medida de fé que Deus repartiu a cada um.

Se não pensarmos que somos demais e não há ninguém melhor do que nós, não cairemos no orgulho exacerbado. E se não pensarmos que somos de menos e vítimas de todas as situações não iremos para o lado da baixa autoestima.

Que possamos nos preocupar apenas com o que Deus pensa a respeito de nós e de estarmos cumprindo os Seus mandamentos conforme Sua palavra, pois como disse o Rev. Jair Macedo: “Não temos controle sobre o que as pessoas pensam sobre nós”.

Autora Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.