De Coração para Coração

Reflexão – dia 06 de setembro de 2017

“Salvou os outros, e a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei de Israel, desça agora da cruz, e creremos nele”. (Mateus 27:42)

Quantas vezes queremos que Deus seja conforme a nossa vontade?

Quantas vezes queremos colocá-Lo à prova dizendo que se for da nossa maneira, então creremos n’Ele?

Quantas vezes queremos barganhar com Deus querendo fazer trocas?

Não importa o que façamos ou o que aconteça. Independente das circunstâncias: Deus sempre será Deus!

Quando Judas entendeu que havia errado, infelizmente ele não teve mais como consertar a situação, mesmo que ele tenha tentado e não faltou acusadores. Quantas vezes nos vemos diante de oportunidades corretas, mas fazemos tudo errado. Sempre colheremos o que plantamos.

Plantação correta e boa?

Os frutos também serão.

Plantação errada e ruim?

Infelizmente os frutos também serão.

Os líderes sabem quando estão errados, tanto que os príncipes dos sacerdotes também não quiseram ficar com as moedas devolvidas por Judas. Pilatos sabia que Jesus era inocente, mas prefere achar que lavando as mãos não teria nenhuma culpa. Os soldados romanos deveriam apenas cumprir a ordem de Pilatos, mas resolveram abusar da autoridade que tinham. A multidão percebia todo o movimento errado, mas não foi capaz de fazer o certo. Contudo, o propósito de Deus se cumpriu. E apenas precisou dos corações dos homens dispostos a não andar conforme a Palavra de Deus.

Ainda hoje nada é diferente!

O propósito de Deus vai se cumprir!

Uma certeza eu tenho!

Quero ser vaso de bênção!

Que jamais sejamos pedra de tropeço na vida de alguém e que possamos ter nosso coração disposto para o reino de Deus!

Autora Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.