De Coração para Coração

Reflexão – dia 14 de agosto de 2017

“Não é o discípulo mais do que o mestre, nem o servo mais do que o seu senhor”. (Mateus 10:24)

Meditando nesse capítulo confesso que tem horas que parece assustador os ensinamentos que Jesus nos traz, porém observando a humanidade percebo que não está nada diferente do que Ele ensinou.

O que mais as pessoas hoje em dia mostram é a capacidade da maldade em seus corações. O mundo gira em torno do seu ego, das suas paixões, das suas vontades. E quando falamos da esperança que Jesus traz dos nossos corações muitas vezes somos rechaçados.

Quando mostramos que determinada atitude não condiz com o que Cristo pregou, as ações são diversas: nojo, incredulidade, deboche…

Jesus advertiu que nos enviaria como ovelhas ao meio de lobos, tendo que aprender a sermos prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas, que seríamos odiado por causa d’Ele, que não deveríamos temer o que fazia perecer o nosso corpo e sim o que poderia matar nossa alma.

Mas também deixou muitas promessas, entre elas: de que não deveríamos nos preocupar de que modo levaríamos a Sua palavra ao mundo, pois o Espírito Santo falaria através de nós, que se perseverássemos até o fim, seríamos salvos.

Todavia advertiu nos versos 38 e 39 que: “E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á”.

Então fica muito claro para mim que devemos buscar constantemente a direção do nosso Pai, a fim de estarmos ligados a Ele para que possamos cumprir conforme os Seus mandamentos e direcionamentos.

Fica transparente que para sabermos a forma como o Espírito Santo vai nos usar e conduzir, precisamos estar em total sintonia e comunhão com Ele.

Será que estamos preparados para toda e qualquer situação em nossa vida?

Que possamos buscar a intimidade com Deus diariamente a fim de cumprirmos o chamado de Deus para nós!

Autora Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.