De Coração para Coração

Reflexão – dia 26 de julho de 2017

 

“O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum”. (Daniel 6:22)

“Então o rei Dario escreveu a todos os povos, nações e línguas que moram em toda a terra: A paz vos seja multiplicada. Da minha parte é feito um decreto, pelo qual em todo o domínio do meu reino os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre, e o seu reino não se pode destruir, e o seu domínio durará até o fim. Ele salva, livra, e opera sinais e maravilhas no céu e na terra; ele salvou e livrou Daniel do poder dos leões”.
(Daniel 6:25-27)

Meditando no capítulo 6 do livro de Daniel, vejo pessoas ligadas à política da época com inveja de Daniel e planejando acabar com sua vida. Qual era o delito de Daniel? Trabalhar corretamente, respeitar o seu rei e buscar a Deus com zelo todos os dias.

Peguei-me refletindo sobre os dias de hoje…

Políticos corruptos que fazem leis contra o povo, trabalhadores que não exercem suas funções corretamente, leis que amarram as mãos daqueles que querem representar à ética e a moral, e por aí vai uma infinidade de situações desonestas.

Também percebi que quando o rei percebeu que foi pego em uma armadilha, tentou durante todo o dia um modo que livrasse o justo das mãos dos seus algozes. Mesmo que não tenha conseguido ao lançar Daniel na cova, pediu que o Deus que ele servia, o livrasse dos leões, passou a noite em jejum e ao amanhecer correu para ver se o milagre havia sido feito.

É importante notar que Daniel não só está vivo, mas afirma que Deus o livrou porque não havia nele culpa alguma nem diante do Eterno e muito menos diante do rei.

Temos andado conforme o propósito de Deus em nossa vida?

Temos cumprido os mandamentos que Ele nos ordenou?

Temos tido moral e ética diante das várias situações que nos encontramos muitas vezes?

Que possamos refletir antes de dormir sobre o nosso dia e ter a certeza de que vamos dormir em paz, pois não cometemos nenhuma transgressão e se assim fizermos, devemos nos colocar diante do Senhor, pedir perdão e consertar o erro.

Autora Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.