De Coração para Coração

Reflexão – dia 28 de junho de 2017

“No qual não pode haver grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo, livre; porém Cristo é tudo em todos. Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição. Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos”. (Colossenses 3:11-15)

Durante muito tempo quando eu lia na bíblia a frase suportar uns aos outros, eu entendia como tendo que engolir a pessoa mesmo detestando-a. Como se fosse uma obrigação muito pesada a se fazer. O tempo foi passando e fui amadurecendo espiritualmente e um novo entendimento se fez.

A definição do verbo suportar é: ter sobre ou contra si (algo) e não ceder; aguentar, resistir.

Ser capaz de segurar ou carregar. Essa tarefa só se realiza quando aprendemos que amar não é sentimento e sim mandamento.

Cada pessoa tem seu tempo com Deus.

Cada indivíduo tem uma forma única e especial que Deus trata com ela.

Quem somos nós para achar que estamos acima daqueles que não agem conforme a nossa percepção?

Nosso papel é exortar em amor, perdoar e interceder.

Quem transforma o nosso interior é o Espírito Santo.

Cuidado para não querer exercer um papel que não é seu.

Não importa a religião que cada indivíduo tem. Não julgue! Não se ache melhor! Se Deus é capaz de ter amor e misericórdia pela nossa vida todos os dias, tenhamos o mesmo sentimento para com o próximo. É Deus tem opera tanto o querer quando o realizar em cada vida.

Que possamos aprender nesse dia o poder do amor verdadeiro que Cristo nos ensinou e o dom da misericórdia para com nosso próximo. Quer seja ele cristão ou não.

Autora Paula Mesquita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.