De Coração para Coração

Reflexão – dia 16 de maio de 2017

Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, o coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, a testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos. (Provérbios 6:16-19)

Hoje é dia de refletirmos sobre as mãos que derramam sangue inocente e o coração que maquina pensamentos perversos.

Peguei-me pensando sobre essas duas características.

A definição de inocente é: Que não possui culpa; que não ocasiona o mal; que é inofensivo ou puro; inócuo. Sem pecado; em que há candura e/ou pureza; cândido. Que possui excesso de ingenuidade; que se comporta ingenuamente.

E a definição de perverso é: Ruim ou malvado; em que há ou expressa perversidade, maldade. Que é capaz de prejudicar alguém: assassino perverso.

Logo entendi que o derramamento do sangue inocente seria o de pessoas que têm entregado diariamente sua vida para nosso Senhor e buscado a santidade não importando a idade, pois infelizmente hoje em dia nem crianças são tidas como inocentes diante de algumas situações que tenho escutado.

E a perversidade iria além de ruindade ou malvadeza, pois a Bíblia é clara quando Deus nos diz que até em pensamentos pecamos. Quantas pessoas “matamos” em nossos pensamentos? Quantas ruindades “fizemos” também em pensamento?

Que possamos refletir sob a luz da palavra do Senhor, sob o convencimento do Espírito Santo sobre nossas obras e possamos mais uma vez mudar o curso de nossos passos.

Que nosso dia seja mais uma vez de gratidão por tudo que o Senhor tem feito em nossas vidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.