De Coração para Coração

Reflexão – dia 11 de maio de 2017

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3:16)

Esse provavelmente é um dos versículos bíblicos mais conhecidos por todas as pessoas. Ele é visto em muitos lugares, inclusive em placas nas ruas, escrito em muros dentre outros lugares. Porém, muitas vezes não percebemos a grandeza dessa promessa.

Quem é pai e mãe sabe o que é ter amor por seus filhos e também a dor quando os vemos doentes, tristes, abatidos. Ainda há aqueles pais que por razões que somente Deus sabe experimentam a dor da perda dos seus filhos. E pode ter certeza de que não há dor maior para aquele que fica.

Fico imaginando Deus em toda Sua supremacia, sendo um Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente sentindo a dor da separação do seu único Filho por amor à Sua criatura e também o amor do Filho que abraçou o projeto do Seu Pai e entregou Sua vida por nós. Você consegue imaginar essa situação?

O Eterno separou-se do Seu único filho por amor a você!

O Filho deixou Sua glória e experimentou a vida da criatura, entregando Sua vida ainda sendo humano por amor a você!

Será que você ainda vai acreditar que Deus não se importa com sua vida?

Se entregue ao Senhor dia a dia e verás o renovo do Altíssimo na sua vida!

Que em nosso dia possamos experimentar a presença e o cuidado de Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.