De Coração para Coração

Reflexão – Dia 09 de janeiro de 2017

“Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de alimentos e libação para o Senhor vosso Deus? Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembléia solene. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus? Então o Senhor se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo. E o Senhor, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o vinho, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios”. (Joel 2:12-19)

Quantas vezes estamos na igreja, somos salvos, mas nossa alegria se foi e nada de novo acontece em nossas vidas?

O Espírito Santo quer ser derramado em nossas vidas da mesma maneira que na época dos apóstolos. Ontem na ministração da Santa Ceia do Senhor o derramar do Seu Espírito sobre a igreja foi tão poderoso que estávamos totalmente rendidos a Ele. Quando voltamos ao nossos lugares para dar andamento ao culto, percebi que o rapaz que estava sentado atrás de mim estava achando engraçado. Ele não foi receber a ministração e ainda achava graça. Aquilo me enfureceu e me entristeceu da mesma maneira. Ele estava na casa do Senhor!

Mas, vindo para casa Deus ministrou ao meu coração que tantas pessoas hoje encontram-se dessa maneira. Estão mortos dentro da casa do Senhor. O povo de Deus precisa levantar-se em oração e clamor como na época de Joel para que o Senhor tenha misericórdia de nossas vidas e derrame sobre nós o trigo (provisão), o vinho (alegria) e o azeite (unção). Precisamos ser santos como Santo é o nosso Pai que nos chamou.

Como anda a sua vida com Deus? Ainda há tempo para achegar-se a Ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.